Visitante

Olá visitante. Cadastre-se | Entre | Esqueci minha senha

OK Esqueci minha senha


Você está em: Sobrenatural.Org -> Matérias Especiais -> Dificuldades Bíblicas - Resposta ao Bíblia Proibida 6


Matérias - Enviado dia 3 de Agosto de 2011

Dificuldades Bíblicas - Resposta ao Bíblia Proibida 6

Esta é uma matéria que vêm explicar, através de uma outra visão, as tais "contradições" bíblicas, ou ainda mostrar que não se tratam de contradições e sim da falta de um estudo mais completo do contexto em que estão descritas.



Por Paulo

1. Deus pode arrepender-se?

Números 23:19 diz: "Deus não é homem, para que minta; nem filho de homem, para que se arrependa. Porventura, tendo ele prometido, não o fará?"

Mas outras passagens dizem que ele tem se arrependido. "... Então se arrependeu o Senhor de ter feito o homem na terra ..." (Gênesis 6:6-7). "Então, se arrependeu o Senhor do mal que dissera havia de fazer ao povo" (Êxodo 32:14).

Como podem estas afirmações ser conciliadas?
 
Em qualquer estudo de textos difíceis da Bíblia, precisamos primeiro olhar para o contexto. Números 23:19 é uma afirmação da fidelidade de Deus em cumprir suas promessas. Foi impossível para Balaão amaldiçoar os israelitas porque Deus os tinha abençoado e lhes prometido prosperidade. Cada vez que ele tentou amaldiçoá-los, Deus transformou suas palavras em mais bênçãos. Deus nunca mente e nunca quebra uma promessa. Paulo afirmou sua confiança na fidelidade de Deus: "Fiel é esta palavra: se já morremos com ele, também viveremos com ele; se perseveramos, também com ele reinaremos; se o negamos, ele, por sua vez, nos negará; se somos infiéis, ele permanece fiel, pois de maneira nenhuma pode negar-se a si mesmo" (2 Timóteo 2:11-13). A fidelidade de Deus dá segurança ao obediente. 
 
Os contextos de Gênesis 6 e Êxodo 32 são diferentes. Em ambos casos, Deus é fiel. Sua "mudança de sentimento" é por causa das mudanças feitas pelos homens. Em Gênesis 6, ele se preparou para destruir aqueles que o abandonaram. Em Êxodo 32, ele estava pronto para destruir o povo mas arrependeu-se por causa do apelo penitente de Moisés. Estes casos ilustram o que Paulo disse: "... se o negamos, ele, por sua vez, nos negará"
 
Uma das explicações mais claras deste assunto na Bíblia é encontrado em Jeremias 18:1-10. Os planos de Deus para abençoar ou destruir são condicionais. Se uma nação que está sendo abençoada se volta para o pecado, Deus irá condená-la a ser destruída. Se o povo desobediente se converte ao Senhor, ele o poupará da destruição. Isto não é vacilação por parte de Deus. Ele está simplesmente sendo fiel ao seu justo caráter. 
 
Deus não quer que ninguém morra em pecado. Ele quer que todos se arrependam para receber a bênção da vida eterna (2 Pedro 3:9)
 
2. Ninguém subiu ao ceú?

Vejamos o texto de 2 Reis 2.11: “E sucedeu que, indo eles andando e falando, eis que um carro de fogo, com cavalos de fogo, os separou um do outro; e Elias subiu ao céu num redemoinho”.

Agora, João 3.13: “Ora, ninguém subiu ao céu, senão o que desceu do céu, o Filho do homem, que está no céu”.
 
Aparentemente, há uma contradição. Mas, ao verificarmos o contexto, veremos que Jesus está testificando de sua Palavra e fazendo uma apologia ao que está dizendo: “Em verdade, em verdade te digo que nós dizemos o que sabemos, e testificamos do que vimos” (v. 11). Com isso, está afirmando que tem autoridade para falar de coisas terrestres e celestiais. Sua narrativa no versículo 13 é uma paráfrase. Ou seja, ninguém subiu aos céus para conhecer as coisas de lá e trazê-las em revelação aos homens. Em outras palavras, ninguém foi até lá e desceu, a não ser Ele próprio! O que Ele queria dizer com isso é que conhecia as coisas celestiais por ser “o Filho do homem, que está no céu”.  
 
Quanto a Elias, ele não subiu ao céu com o objetivo de trazer uma revelação aos homens. Ninguém subiu aos céus e retornou com uma revelação. Semelhantemente, vemos o apóstolo Paulo usando a mesma ­argumentação em Romanos 10.6,7: “Mas a justiça que é pela fé diz assim: não digas em teu coração: quem subirá ao céu? (isto é, a trazer do alto a Cristo) ou: que descerá ao abismo? (isto é, a tornar a trazer dentre os mortos a Cristo)”. A questão aqui não é apenas uma revelação ou visão celestial, como as revelações de Isaías, Ezequiel e João, mas de alguém que tenha subido aos céus, adquirido comunhão com o Pai e alcançado autoridade para revelar aos homens os propósitos de Deus. Somente o Senhor Jesus teve esta autoridade.
 
3. Deus já foi visto?

Essa vou adorar responder! Deus quando foi visto só aparecia tranfigurado pois sua gloria é tão imensa que destruiria a quem visse.  

Assim concluimos que quando diz "ninguém viu o pai que estás no céu" quer dizer que ninguém o viu em sua verdadeira forma.
 
Vamos ler o versículo 20 de Êxodo 33.
 
Êxodo 33.20 diz: "E acrescentou: Não poderás ver a minha face, por quanto homem nenhum verá a minha face e vivera".
 
Ora meu irmão, o mal de muitos é ler um versículo isoladamente e interpretá-lo.
 
Podemos observar que Moisés não viu a Deus, e sim possivelmente uma forma próxima de Moisés e quando se fala pelas costas e uma questão de dar uma forma humana a Deus que se chama de Antropomórfica, pois Deus e espírito e não possui um corpo carnal. 
 
Quando falavam que viam e conversavam com Deus nunca era cara a cara, mas sim por matérias, por Deus não ser carnal.  
 
4. Deus é onipotente?  

Sim. Deus não pode ser vencido. Em Gênesis 32:24-30 quando diz que Deus perdeu a luta com Jacó, o texto retrata com exatidão Deus transfigurado em homem. Talvez esse seja o motivo da perda, Jacó suportou a provação.

Deus em sua verdadeira forma não pode ser vencido. Simples! A intensão de Deus não era ganhar ou matar a Jacó, mas sim prová-lo.
 
Conclusão
 
A verdade prevalece contra a mentira e os verdadeiros filhos de Deus entenderão e não serão enganados pelo famoso TEXTO FORA DO CONTEXTO.
 
Aqueles que julgam a palavra de Deus e não a entendem por não ter e não conhecer a unção não seja contra a verdade, dizendo haver erros nas escrituras, pois vocês não tem parte no reino dos céus  
 
"Ai dos que ao mal chamam bem e ao bem, mal! Que fazem da escuridade luz, e da luz, escuridade." (Isaías 5:20)
 
Fontes:
Bíblia Sagrada 
Estudos da Bíblia.Net
Forum Evangelho
Yahoo Answers


Avalie Comente Marque como Favorito Recomende
Sugestões da nossa loja oficial, a LojaSobrenatural.com.br

Opiniões

15 Comentário(s).

Mostrando as 5 primeiras.
Ver todas as 15 opiniões.



Comente

Somente usuários logados podem enviar opiniões...

Você já é um usuário cadastrado no site Sobrenatural.Org? Se sim, faça seu login abaixo. Caso contrário, clique aqui para efetuar o cadastro.

QUEM ENVIOU ESTE CONTEÚDO:

paulo

paulo

pregando a palvra do senhor jesus cristo(2timoteo4:2-5)


NOSSO CANAL NO YOUTUBE


NOSSO BLOG



PUBLICIDADE

PRODUTOS DA LOJA SOBRENATURAL

DIRETO AO ASSUNTO

INTERATIVAIDADE

http://bs.serving-sys.com/BurstingPipe/adServer.bs?cn=tf&c=19&mc=imp&pli=8942288&PluID=0&ord=[timestamp]&rtu=-1