Visitante

Olá visitante. Cadastre-se | Entre | Esqueci minha senha

OK Esqueci minha senha


Você está em: Sobrenatural.Org -> Matérias Especiais -> Termina edição dos pergaminhos do Mar Morto.


Matérias - Enviado dia 18 de Fevereiro de 2003

Termina edição dos pergaminhos do Mar Morto.

Chefe da equipe de pesquisadores anunciou o fim do projeto, após 5 décadas



<%=Rs("titulo")%>


Esta foto é uma Reprodução Computadorizada
Os rolos foram encontrados em cavernas perto do Mar Morto; pesquisador diz que os textos nada contêm que possa abalar fundamentos da religião judaica e do cristianismo

NOVA YORK - Cinqüenta e quatro anos após a descoberta do primeiro dos rolos de pergaminhos do Mar Morto, uma sensação arqueológica do século 20, todos os antigos textos já foram publicados, ou quase. O anúncio da virtual conclusão do projeto de publicação, envolvendo cerca de 900 rolos e comentários em 38 volumes, dois deles em fase final de preparação, foi feito na quinta-feira, na Biblioteca Pública de Nova York, pelo dr. Emanuel Tov, professor da Universidade Hebraica de Jerusalém que é o editor do projeto desde 1990. Os rolos, alguns datando de 250 antes de Cristo, enquanto outros são do ano 70 desta era, foram descobertos entre 1947 e 1956 nas grutas de Qumran, ao sul de Jericó, na margem ocidental do Mar Morto. O que é insuficiente para abalar os fundamentos tanto do judaísmo quanto do cristianismo, como chegaram a pensar.

Um rolo contendo uma canção de graças hebraica será dedicada à cidade de Nova York, em tributo pelo seu sacrifício e determinação diante dos ataques terroristas do dia 11 de setembro. Ela convoca os "bem-amados" a se rejubilarem com eterna alegria pelo poder divino. Especialistas consideram os rolos um tesouro da história judaica e da religião do período. Eles permitem visões de como era a Bíblia judaica há 2 mil anos e refletem o pensamento judaico durante o turbulento período que provocou o início do judaísmo rabínico.

Embora não haja nenhuma menção a Jesus ou a João Batista, ou qualquer coisa que lembre o movimento religioso descrito no Novo Testamento, os especialistas dizem que os pergaminhos lhes permitiram um entendimento mais rico do mundo judaico durante a vida de Jesus. "Os rolos são mesmo mais valiosos do que se pensava há 50 anos", disse Tov. "Eles nos deram a literatura do antigo Israel." O anúncio de quinta-feira foi um marco que parecia longe de ser atingido pouco mais do que uma década atrás. À época, os rolos estavam sob controle de apenas dez pesquisadores que não demonstravam nenhuma pressa em compartilhá-los com os demais.


Divergência - Somente após uma disputa em público e por trás das cenas, depois do contrabando de cópias de alguns textos e que um arquivo de fotografias dos rolos se tornou disponível é que o assim chamado monopólio foi quebrado. Uma nova e mais ampla comunidade de cerca de cem estudiosos internacionais, supervisionados por um órgão israelense destinado a cuidar das antiguidades, se encarregou dos rolos em 1991, pedindo a rápida publicação. Durante as quatro décadas em que os primeiros editores estiveram encarregados do trabalho, somente oito volumes dos textos foram publicados. Nos seus dez anos de atividade, a equipe de Tov liberou 28 volumes, sem contar os dois em fase final de preparação. Os livros são publicados pela Oxford University Press sob o título geral de Discoveries in the Judean Desert (Descobertas no Deserto da Judéia).

Esta semana, Tov disse, aliviado: "Minha tarefa era providenciar que os rolos fossem colocados à disposição do público. Isso está agora mais ou menos completado, e os rolos do Deserto da Judéia vêm sendo apresentados ao mundo dos especialistas na forma de edições críticas." Em entrevistas, Tov e outros ligados ao projeto disseram que nada nos rolos deverá abalar fundamentos religiosos. Já se pensou que esse tipo de efeito fosse possível, causando grande preocupação entre alguns líderes religiosos. Um argumento para garantir a vasta disseminação dos textos foi que eles afastariam suspeitas de que os primeiros editores estavam evitando a publicação de documentos por receio de que eles poderiam lançar uma luz negativa sobre o judaísmo e o cristianismo inicial.


Essênios - Os rolos foram escritos em hebraico e aramaico. Cerca de 200 deles contêm o mais primitivo original bíblico conhecido. Os outros contêm orações, rituais e regras de uma seita judaica isolada e austera, provavelmente os essênios, que viveram em Qumran. O dr.

James C. VanderKam, professor de escritura hebraica na Universidade de Notre Dame e um dos editores dos pergaminhos, disse que a "teoria dominante" é ainda a de que muitos dos textos foram escritos ou copiados pelos essênios de Qumran, mas outros foram provavelmente escritos em outros lugares e levados para lá por novos membros da seita.

VanderKam e outros editores disseram que têm dúvidas sobre um ponto de vista minoritário segundo o qual os pergaminhos pertenceram a uma biblioteca de Jerusalém, tendo sido levados para as grutas por segurança. Se este fosse o caso, disseram, eles teriam esperado que os textos refletissem uma gama mais vasta de opiniões e não, principalmente, idéias e práticas essênias. Tov está agendado para fornecer um relatório mais detalhado sobre a publicação dos pergaminhos numa entrevista à imprensa em Denver, na Sociedade de Literatura Bíblica. Um volume introdutório será publicado no ano que vem com a história do projeto e uma relação de todos os textos. Num prefácio, Tov observou que nesses empreendimentos, é usual que a introdução apareça "ao fim do trabalho, quando tudo está feito e dito" e os editores têm uma idéia mais clara do significado geral da pesquisa.

Fonte: JOHN NOBLE WILFORD - The New York Times

 


Avalie Comente Marque como Favorito Recomende

Opiniões

11 Comentário(s).

Mostrando as 5 primeiras.
  • Mario Cesar Barcellos

    Mario Cesar Barcellos | 3 de Junho de 2011 | Escreva para o autor do comentário

    5 leitores gostaram da opinião | 2 reprovaram a opinião

    Visite Minha Página! | Adicionar como Usuário que me Identifiquei | Enviar um Recado

    Entendo que não pode haver vergonha maior do que chamar os "evangelhos" de apócrifos. Isso é coisa do fatídico Concílio de Nicéia, que aconteceu no ano de 341dc. Homens como eu e outros, escolheram o que o povo poderia ou não poderia ler e saber. Vergonhoso, hipócrita! Talvez seja por isso que defendo que não existe, de fato, livros sagrados. Religião realmente é um atraso!

    Gostei desta opinião | Opinião reprovada


    Responder este comentário
  • Arnaldo Ribeiro

    Arnaldo Ribeiro | 25 de Outubro de 2010 | Escreva para o autor do comentário

    2 leitores gostaram da opinião | 0 reprovaram a opinião

    REPATRIANDO PARA JERUSALÉM O POVO DE ISRAEL QUE PERMANECIA EXILADO NA BABILÔNIA, PADECENDO SOB O JUGO DE PECADOS INCONSCIENTES:
    Até o dia 30.09.1985, poucos entendiam o significado disto: (AP.17.5) – BABILÔNIA, A GRANDE, A MÃE DAS MERETRIZES E DAS ABOMINAÇÕES DA TERRA: (IS.16.14) – AGORA, PORÉM, O SENHOR FALA E DIZ: (LE.1.12) – EU, O PREGADOR, VENHO SENDO REI DE ISRAEL EM JERUSALÉM; (JÓ.34.30) – PARA QUE O IMPIO NÃO REINE E NÃO HAJA QUEM ILUDA O POVO: (JR.29.20) – OUVI, POIS. A MINHA PALAVRA, TODOS VÓS, OS QUE ENVIEI DE JERUSALÉM PARA O EXILIO DA BABILÔNIA; (1PE.4.17) – PORQUE A OCASIÃO DE COMEÇAR O JUÍZO PELA CASA DE DEUS É CHEGADA: (LV.17.12) PORTANTO, TENHO DITO AOS FILHOS DE ISRAEL: Agora todo mundo entenderá que os donos da mídia, os ateus, e todos os desalmados que escondem da nossa gente a herança que a ação do Amor tem legado aos futuros Cristãos, através da Bibliogênese de Israel; JÁ PASSARAM A SER PECADORES CONSCIENTES, pois sabem que perpetuam a ignorância dos descrentes que continuarão na Babilônia praticando o mal da mentira, da idolatria, da imoralidade, da prostituição, dos casamentos ilícitos, do aborto, da corrupção, da injustiça, da violência, das guerras, e de muitos outros pecados abomináveis; que têm infernizado a vida terrena: Todavia, graças à Esta Providência Divina, é assim também que já iniciamos o repatriamento dos Seres Vivos para Jerusalém - a terra prometida -, segundo a soberana vontade De Deus: (JB.15.22) - SE EU NÃO VIERA, NEM LHES HOUVESSE FALADO, PECADO NÃO TERIAM, MAS AGORA NÃO TEM DESCULPA DO SEU PECADO; (RM.10.11) – PORQUANTO A ESCRITURA DIZ: (AP.18.10)– AI! AI! TU, GRANDE CIDADE, BABILÔNIA, TU PODEROSA CIDADE !, POIS EM UMA HORA, CHEGOU O TEU JUIZO:(2CO.10.7)–OBSERVAI O QUE ESTÁ EVIDENTE, no âmago dessa parábola:
    (JR.50.46) – AO ESTRONDO DA TOMADA DE BABILÔNIA, ESTREMECEU A TERRA; E O GRITO SE OUVIU ENTRE AS NAÇÕES:
    (São 72 letras e 4 sinais que gritam entre os Seres que já estão despertos):
    DEUS TESTOU A GENTE NA VIDA ETERNA DE SÁBIO, E EU TESTO O CORAÇÃO SEM AMOR:
    ARNALDO RIBEIRO

    Gostei desta opinião | Opinião reprovada


    Responder este comentário
  • Arnaldo Ribeiro o Israel

    Arnaldo Ribeiro o Israel | 1 de Fevereiro de 2010 | Escreva para o autor do comentário

    1 leitores gostaram da opinião | 1 reprovaram a opinião


    REVELAÇÃO / EXORTAÇÃO:
    Urge propagarmos na terra, a certeza de que Jesus Cristo ja vive agindo entre nós, espargindo a luz do saber, criando Irmãos espirituais, e a nova era Cristã. Eu não minto, e a Espiritualidade que esperava pela sua volta, pode comprovar que digo a verdade. Por princípio, basta recompormos as 77 letras e os 5 sinais que compõem o titulo do 1º. livro bíblico, assim: O PRIMEIRO LIVRO DE MOISÉS CHAMADO GÊNESIS: A CRIAÇÃO DOS CÉUS E DA TERRA E DE TUDO O QUE NÊLES HÁ: Agora, pois, todos podem ver que: HÁ UM HOMEM LENDO AS VERDADES DO SEU ESPÍRITO: ÊLE É O GÊNIO CRIADOR QUE CRIA ESSA AÇÃO DE CRISTO. (LC.15.28) E cumpriu-se a escritura que diz: (JB.14.17) O Espírito da verdade, que o mundo não pode receber, porque não no vê, nem conhece, vós o conheceis, porque Ele habita convosco e estará em vós. Regozijemo-nos ante a presença do Nosso Senhor, e façamos jus ao poder do saber que o Filho do Homem traz às Almas Justas, para a formação da verdadeira Cristandade. .

    (MT.26.24) – O FILHO DO HOMEM VAI, COMO ESTÁ ESCRITO A SEU RESPEITO, MAS AI DAQUELE POR INTERMÉDIO DE QUEM O FILHO DO HOMEM ESTÁ SENDO TRAIDO! MELHOR LHE FORA NÃO HAVER NASCIDO:

    E, ao recompormos as 130 letras e os 7 sinais que compõem esse texto, todos já podem ler, saber, e entender quem é o Filho do Homem:

    E O FILHO DO HOMEM É O ESPIRITO QUE TESTA AS ALMAS DO HOMEM E DA MULHER, NA VERDADE DO SENHOR, COMO CRISTO: E EIS A PROVA QUE O FILHO DO HOMEM FOI TREINADO NA LEI CRISTÃ.

    (MC.14.41) – CHEGOU A HORA, O FILHO DO HOMEM ESTÁ SENDO ENTREGUE NAS MÃOS DOS PECADORES. E hoje, quem quiser interagir com o Filho do Homem, deve buscar “A Bibliogênese de Israel”, que já está disponível na internet. E quem não quiser, pode continuar vivendo de esperança vã, assistindo passivamente a agonia da vida terrena, à par da auto-destruição do nosso planeta.

    Gostei desta opinião | Opinião reprovada


    Responder este comentário
  • YOGALIASTRO

    YOGALIASTRO | 3 de Janeiro de 2009 | Escreva para o autor do comentário

    7 leitores gostaram da opinião | 2 reprovaram a opinião

    De qual idiota foi a idéia de dedicar canções hebraicas aos algozes dos judeus e muçulmanos? O 11 de setembro foi o maior embuste armado, com o único objetivo de invadir o Afeganistão, assim como invadiram o Iraque e hoje a faixa de Gaza. Dedicar livro Sagrado a tão vis assassinos é como entregar Jesus para os capitalistas sacrificarem.

    Gostei desta opinião | Opinião reprovada


    Responder este comentário
  • luis jeronimo

    luis jeronimo | 18 de Novembro de 2008 | Escreva para o autor do comentário

    0 leitores gostaram da opinião | 4 reprovaram a opinião

    concerteza milhares de escritos existem do tempo do AT e do NT (dC) isso nao significa que sao de inspiraçao divina e que deveriam pertencer ao Canon. Podem servir historicamente para confirmar o texto considerado canonico. Nada nos diz e prova que sao necessarios mais escritos acrescentados aos 66 da Biblia.

    Gostei desta opinião | Opinião reprovada


    Responder este comentário
Ver todas as 11 opiniões.



Comente

Somente usuários logados podem enviar opiniões...

Você já é um usuário cadastrado no site Sobrenatural.Org? Se sim, faça seu login abaixo. Caso contrário, clique aqui para efetuar o cadastro.

QUEM ENVIOU ESTE CONTEÚDO:

Mateus Fornazari

Mateus Fornazari

Usuário Assinante.

Responsável pelos sites Sobrenatural.Org, LojaSobrenatural.com.br e Documentarios.Org. É licenciado e bacharel em Ciências Biológicas e Técnico em Processamento de Dados. Programa em GAS-2003 e é especialista em Clipper. Agora me aventuro em Ruby on Rails


NOSSO CANAL NO YOUTUBE


NOSSO BLOG



PUBLICIDADE

PRODUTOS DA LOJA SOBRENATURAL

DIRETO AO ASSUNTO

INTERATIVAIDADE

http://bs.serving-sys.com/BurstingPipe/adServer.bs?cn=tf&c=19&mc=imp&pli=8942288&PluID=0&ord=[timestamp]&rtu=-1