Visitante

Olá visitante. Cadastre-se | Entre | Esqueci minha senha

OK Esqueci minha senha


Você está em: Sobrenatural.Org -> Matérias Especiais -> Rosa Cruz


Matérias - Enviado dia 20 de Novembro de 2003

Rosa Cruz

Lendo sobre a origem da Rosacruz, você vai aprender um pouco mais sobre o início do Cristianismo e do Judaísmo...



Lendo sobre a origem da Rosacruz, você vai aprender um pouco mais sobre o início do Cristianismo e do Judaísmo. Afinal é fato histórico que o faraó Akenaton foi o precursor do Monoteísmo e e que os  monastérios franciscanos foram inspirados nas escolas-de-mistérios egípcias.

 

 Falar de sua origem é muito complicado, nem os próprios rosacruzes chegam a um consenso sobre o assunto. A princípio essa ordem teria surgido na Alemanha do século XVII,  o que pode ser comprovado através de documentos impressos. Mas  recentemente foram encontrados escritos rosacruzes, anteriores ao nascimento da AMORC. O que sugere uma data mais antiga.

          Tradicionalmente seu nascimento teria ocorrido em algum período da era cristã. Entenda-se por tradicionalmente a história contada oralmente, de pai para filho.  

           Muitos rosacruzes  acreditam que o fundador da fraternidade teria sido o faraó Akhenaton à quase três mil e quinhentos anos atrás . Este faraó  teria recebido influências da escola-de-mistérios  criada pelos  altos sacerdotes do Egito antigo à quatro mil anos atrás.            

          A ordem  obedece a um ciclo de atividades e outro de inatividades, onde assume uma postura de ações secreta ou não. Cada ciclo dura aproximadamente 108 anos. Hoje a Rosacruz se encontra em atividade desde 1915.

 

Nesta época o velho Egito atingiu um grau elevado da sua evolução, a religião e os conhecimentos científicos se fundiram. Para preservar esses conhecimentos foram criadas as escolas-de-mistérios (mistério significa conhecimento), administrada  pelos sacerdotes que  costumavam manter em segredo seus conhecimentos afim de controlar e ampliar seu poder sobre o faraó e seu povo. Portando na maioria das vezes não ocorria o registro em papiros desses mistérios.   

 

O faraó Ahmose I ( 1580 a.C. ), foi o primeira a dirigir essa classe, antes governada pelos altos sacerdotes do Egito. 

Seu governo foi caracterizado pela introdução de princípios mas civilizados para o povo. Seus descendentes continuaram a dirigir a escola de mistério.

          Ahmose I foi sucedido por  Amenhotep I  e este por Thutmose I que teve uma filha Hatshepsut, que governou o Egito como um rei e também como co-regente com seu meio-irmão Thutmose II.

 

A primeira reunião teria ocorrido no dia 1º de abril de 1489 a.C., no Templo de Kanark. A partir desta data, passaram a se reunir todas as quintas-feiras subseqüentes. 

 

A princípio,  Thutmose III não  escolheu nenhuma denominação para o grupo. Posteriormente não foi usado nenhum nome parecido ou derivado da palavra rosacruz.   Essa Fraternidade não era a Rosacruz no sentido de hoje.  A Ordem Rosacruz apenas tem suas raízes na antiga Fraternidade do faraó Thutmose III.

 

Thutmose III  usava sua insígnia pessoal, um escaravelho, que se tornou selo da ordem  e hoje é usado pelos rosacruzes. 

 

Após  A morte de Thutmose III, seu filho Amenhopet II passa a reger e assume os encargos do pai na fraternidade em setembro de 1448 a.C.. Em 1420 a.C. foi sucedido por seu filho, Thutmose IV, e este por Amenhopet III, que finalmente foi sucedido por seu filho Amenhopet IV, que particularmente é importante na história da Ordem Rosacruz. Considerado o primeiro Grande Mestre da Ordem, seu reinado é  marcado pela instauração do conceito monoteísta. Amenhopet IV nasceu no palácio real em Tebas, provavelmente no dia 24 de novembro de 1378 a.C. e sua mãe chamava-se Tii. Foi coroado aos 11 anos de idade. Seu pai construíra o templo de Luxor, dedicado a fraternidade. Na época de sua coroação o mestre era Thehopset e a fraternidade contava com 238 Frates e 62 Sorores. Amenhotep IV tornou-se Mestre por decreto do conselho, e a solenidade de foi realizada no templo de Luxor, no dia 9 de abril de 1365 a.C. ao pôr do sol.

 

Amenhotep IV vivia em um país Politeísta (Crença em vários deuses), após obter altos conhecimentos iniciáticos e receber uma revelação de Deus que manifestou-se através do Sol. Ele instaurou aos poucos o Monoteísmo, a crença em um Deus único, criador de tudo o que existe. Esse deus chamava-se Aton, e acabou dando um novo nome ao faraó; Akhenaton (Devoto de Aton).   Foi ele quem construiu uma nova capital em El Amarna e um templo em forma de cruz dedicado à  Aton.

 

Neste templo vivia cerca de 236 Frates em regime monásticos. Eles usavam um cordão na cintura e viviam com a cabeça coberta. O sacerdote vestia um sobrepeliz de linho e tinha um corte de cabelo circular na cabeça.  (Talvez desta  instituição teria surgido outras, com regimes monásticos parecidos, como por exemplo a de São Francisco). 

 

 Akhenaton introduziu a cruz e a rosa como símbolos e adotou a CRUZ ANSATA Como emblema a ser usado por todos os mestres da ordem. Ele faleceu no dia 24 de julho de 1350 a.C. 

          Historicamente  XVIII Dinastia do Novo Império Egípcio foi marcada por Akhenaton e sua luta contra o politeísmo e a crença em Amum.

 

O conceito de Monoteísmo; "crença em um Deus único e criador de tudo", vem de encontro com o movimento religioso monoteísta do povo  hebreu.      

         Com a morte de Akhenaton, terminou a primeira fase da Fraternidade. E os sacerdotes contrariados retomam o culto politeísta para agradar ao povo

Havia planos estabelecidos para o surgimento de outros templos em vários países. Muitos intelectuais gregos buscavam o conhecimento da Fraternidade. Mas um estrangeiro se destacou; era Saloman. Um jovem oriundo da Palestina conhecido como Salomão o buscador. Ele chegou ao Egito por volta do ano 1000 a.C.  E acabou entrando para a escola-de-mistérios.  Mas ele não completou seus estudos. Foi conselheiro da casa real, no Delta. Mais tarde casou-se com a filha do rei e partiu para Palestina, onde construiu seu famoso Templo. 

             

Outro ícone que passou pelo Egito foi Moises, filho da tribo de Levi, educado no Egito e iniciado em Heliópolis, tornou-se alto Sacerdote da Fraternidade no reinado do Faraó Amenhotep. Após ter sido escolhido pelos hebreus para ser seu líder. Ele estabeleceu um novo ramo da Fraternidade. O dogma do "Deus Único", era interpretação da Fraternidade Egípcia e constituía ensinamentos do Faraó Akhenaton que fundara a primeira religião monoteísta conhecida pelo homem.

 

 

Teriam se iniciado nos mistérios da Fraternidade Rosacruz ; Hermes Trimegisto, Pitágoras, Plotino, Manheto, Heráclito, Parmênides e muitos sábios da antiguidade.  

Com a expansão do cristianismo a ordem também se expandiu, e muitas personalidades foram iniciadas; Carlos Magno, Raymond VI, Albert Magnus, Tomás de Aquino, Dante Alighieri, René, Bejamin Franklin, Thomas Jefferson, Walt Disney, Fernando Pessoa e muitos outros.

 

Carlos Magnos dirigiu uma grande escola de sábios. E em 804 fundou uma loja (templo de reunião), e o primeiro grande Mestre da França foi Frees que atuou de 883 a 899.  Frees sugeriu a criação de novas lojas na França e em outros países. 

          Em 1001, na França,  foi fundado o primeiro mosteiro já usando o nome Rosacruz.

         Nesta época a Alemanha ocupava o primeiro lugar em números de membros, depois vinha a França e em terceiro lugar vinha Inglaterra.

         O Egito passou a ter poucos membros. 

         Durante o século XII, a Ordem se desenvolveu na Alemanha, mas era secreta e inativa em suas manifestações externas. Este período de inatividade duraria cerca de 108 anos. Segundo muitos historiadores a fraternidade funcionava em períodos de atividades e outro de inatividade alternadamente e cada período duraria cerca de 108 anos, porém não se sabe  porque esses ciclos foram adotado. Parece que a cada novo ciclo a Ordem renasce e sem ligações com os ciclos anteriores.

            

O novo ciclo teve início no ano de 1915, nos Estados Unidos, com a instalação do Imperador Harvey Spencer Lewis. 

          A diferença nos ciclos de atividade e inatividade, variava de país para país.

Por isso quando a Fraternidade estava ativa na Alemanha, ela estava inativa na França. Esta falta de coincidências dos ciclos dificulta muito os estudos históricos para determinar a origem exata da Fraternidade em cada país.

Harvey Spencer Lewis

 

Em 23 de julho de 1623, para homenagear seus irmão maços que eram rosacruzes, foi instituído o Grau Rosa-Cruz, da Maçonaria .

 

 

 

É inegável a importância do faraó Akhenaton, com sua rebelião contra o Amunismo (religião politeísta),  e sua  luta a favor do Deus Único. Historicamente ele teria fundado a primeira religião monoteísta conhecida pelo homem.

Não se pode esquecer que Moises foi criado como filho de faraó, recebeu a educação de um herdeiro, freqüentou  as escolas egípcias e provavelmente as escolas-de-mistérios, onde adquiriu o dogma de Monoteísmo, crença em um Deus Único,  difundida por Akhenaton.


Avalie Comente Marque como Favorito Recomende

Opiniões

51 Comentário(s).
  • Comentário que os leitores mais gostaram:

    Sarion Hevandro Chrun

    Sarion Hevandro Chrun | 17 de Outubro de 2008 | Escreva para o autor do comentário

    29 leitores gostaram da opinião | 4 reprovaram a opinião

    Realmente trata-se de um assunto tanto quanto polemico para algumas pessoas. A A.M.O.R.C. esta a disposição para todos no site www.amor.org.br. Sou Rosa+Cruz e cada dia fico mais fascinado pela história e pelos ensinamentos. E, como qualquer outra Ordem de carater mistico-filosófico, causa um certo desconforto e desconfiança por parte de pessoas mau informadas. Acredito que tenham que ter um embasamento direto da própria fonte para tecer qualquer comentário maldoso, por exemplo, eu não posso julgar a igreja Protestante, pois não tenho nenhum embasamento pra fazer tal julgamento.

    A todos, a Paz Profunda!!!!

    Fr. Sarion Hevandro Chrun

    Gostei desta opinião | Opinião reprovada


    Responder este comentário

Mostrando as 5 primeiras.
Ver todas as 51 opiniões.



Comente

Somente usuários logados podem enviar opiniões...

Você já é um usuário cadastrado no site Sobrenatural.Org? Se sim, faça seu login abaixo. Caso contrário, clique aqui para efetuar o cadastro.

QUEM ENVIOU ESTE CONTEÚDO:

Mr.Tlaloc

Mr.Tlaloc

Usuário Assinante.

Yo no credo en Brujas, pero que las hay, las hay.


NOSSO CANAL NO YOUTUBE


NOSSO BLOG



PUBLICIDADE

PRODUTOS DA LOJA SOBRENATURAL


Acesse a Loja Sobrenatual »

DIRETO AO ASSUNTO

INTERATIVAIDADE

http://bs.serving-sys.com/BurstingPipe/adServer.bs?cn=tf&c=19&mc=imp&pli=8942288&PluID=0&ord=[timestamp]&rtu=-1